Sábado, 4 de Agosto de 2007

Porta de entrada

 

Para todos os nossos amigos e não só, esta é a altura de fazer um ponto da situaçao relacionado com o contexto e conteudo dos nossos objectivos.

 

O mais forte e o que nos move a percorrer este caminho ,é o prazer que sentimos em visitar a nossa cidade e debater com os Leirienses os seus pontos de vista e aceitar as suas sugestões para cada vez mais irmos ao encontro da cidade que pretendemos.

 

Depois, se criticamos ou denunciamos casos, o mesmo é feito com sentido de alerta e não com sentido de perseguição sobre qualquer entidade ou personagem, a clonagem politica não entra nos nossos ideais ou interesses.

 

Esperamos ter sido claros nos nossos objectivos e pretendemos que a porta que entramos  e cuja imagem acima reflete bem o estado de coisas encontradas se transforme rapidamente.

 

O proximo passo é falar sobre o mesmo espaço que percorremos e descrever-mos o que de bom encontramos nesta zona. Sim, porque não falamos somente do que está mal, porque já encontramos situaçoes bonitas nestes 100 metros.

 

Aguardem e irão encontrar boas surpresas neste 100 metros e exemplos de prazer em viver na Rua Direita.

 

  

 

 

 

 

publicado por renascerleiria às 10:46
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 31 de Julho de 2007

Que romance Eça ?

 

Casa onde morou o famoso romancista Eça de Queiros, situa-se na Rua da Tipografia, transversal da Rua Direita, ao lado do chamado "Buraco ", Destas janelas Eça teve a sua inspiraçao para escrever os famosos romances " Os Maias " e "  O Crime do padre Amaro.", Se Eça decidir vir a Leiria para se inspirar, para escrever um novo romance para o Deus Divino, certamente não terá inspiraçao para poder escrever, contudo temos a certeza que as palavras que lhe virão à memoria serão " A nossa historia será o que que queres que ela seja, se a mesma for lembrada e preservada com dignidade ".

 

Curiosamente quem procura a nossa historia são os turistas nacionais e estrangeiros, que diariamente procuram aquela que foi a residência deste ilustre romancista, e nós o que oferecemos é o romance que Eça nunca quis escrever " Porque me abandonaste, Leiria ? "

 

Pretendemos pois devolver a memória viva da nossa historia à cidade, porque Eça merece e nós tambem.

 

 

publicado por renascerleiria às 22:59
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 30 de Julho de 2007

O Quadro

 

A Casa dos Pintores, surge como mais um mau exemplo dado pela CM Leiria, o elevado estado de degradação não dava por certo um bom quadro ( e somente ainda percorremos 50 metros nesta nossa iniciativa ). Tivemos conhecimento que a CM Leiria, já iniciou o processo de recuperaçao do imovel, embora o mesmo não seja visivel, elas já começaram. É sempre de aplaudir esta iniciativa, esperamos que não tenham falta de inspiraçao para a sua conclusão, pois o quadro presente não é digno do nome " Casa dos Pintores "

publicado por renascerleiria às 16:40
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 28 de Julho de 2007

O principio

 

Para podermos chegar ao fim, tivemos que iniciar o nosso diagnóstico pelo principio, o coraçao de Leiria, e esse situa-se na zona Historica. Ali deparamo-nos com varias situações de edificios degradados, uns privados outros publicos.

 

O edificio que aqui mostramos encontra-se num elevado estado de degradaçao, que no proximo inverno poderemos ter que olhar para esta foto como uma reliquia, pois o edificio promete não aguentar mais uma temporada de chuvas.

 

Para quando uma soluçao ? - Quando cair em cima de uma criança ( pois o mesmo fica no caminho do Infantario e da Escola secundaria ).

 

 

Rua Barão de Viamonte, mais conhecida pela Rua Direita ou deveria ser Centro cultural da degradaçao urbana ?

 

Esta fica situada em frente à Sé Catedral de Leiria, a maior e mais emblematica  de Leiria, a rua que todos nós conhecemos como a mais movimentada de outros tempos, o que outrora acontecia, acontecia na Rua Direita, em primeiro lugar. Leiria nasceu aqui.

 

 

 

Acabamos de entrar na Rua Direita e se deixamos o edificio da antiga sede da Associação de Futebol para trás logo no inicio da rua, deparamo-nos com este edificio propriédade da CM Leiria, que apresenta este aspecto. Reparem no belo taipal verde, a tapar o chamado  " Buraco da Rua Direita " .Como é possivel um organismo publico com a responsabilidade da Camara tenha um edificio com este aspecto à mais de 15 anos ???

 

Se não têm projecto para o mesmo sugerimos que num prazo rapido ( dias, não anos ) projectem uma parede ao longo do edificio e façam uma acabamento para o mesmo, assim o edificio fica com aspecto mais digno e os residentes juntamente com os turistas irão respirar um ar mais limpo,  sim porque o aspecto visual tambem polui as nossas mentes, a isso chama-se poluiçao visual.

 

 

 

Este é o interior do edificio, analise o interior e reparem no aspecto existente ainda agora começamos a percorrer a nossa cidade, somente percorremos 50 metros no coraçao da Zona Historica, não mereciamos mais ? e melhor ?. Até quando este aspecto numa zona nobre, onde os turistas percorrem com a maquina fotografica em punho e o lugar mais fotografado é este coliseu de Leiria, local fortemente concorrente à 7ª  maravilha, até os Romanos se sentem ameaçados pela concorrência desleal, porque eles têm as ruinas e nós as ruinas e a selva, 2 em 1. 

 

Nota: as criticas aqui expressas sõ as serão, se forem um forte essentivo à mudança  e nunca a critica destrutiva, até porque queremos a cura e não a eutanásia.

 

 

  

publicado por renascerleiria às 23:17
link do post | comentar | favorito
|

Como é bela a minha cidade.

 

Mesmo doente, Leiria é uma cidade com um encanto unico e de uma invulgar beleza, por isso não conseguimos ficar indiferentes a esta imagem e começamos por publica-la  com o unico sentido de iniciarmos o tratamento da cidade com um pouco de encanto e magia.

publicado por renascerleiria às 18:09
link do post | comentar | favorito
|

Renascer Leiria

Renascer porquê ?....

 

Leiria, surgia no nosso horizonte como uma cidade agradavel , simpatica e bonita, onde a qualidade de vida era aceitável e nos  apetecia sempre voltar para descansar dos longos dias de luta profissional.

hoje, passados vários anos no lugar onde crescemos e nos transformamos em adultos com sentido critico e responsavel , sentimos uma dor amarga e forte, talvez seja o sintoma da doença " morte lenta " e, ao vermos o local onde as nossas fantasias e os nossos sonhos tinham crescido e foram alimentados, eles estavam a serem destruidos por algo ou por alguem que não sente o seu sonho, a sua cidade e a sua alma, e por tudo isto, urge dar um grito de BASTA.

 

Já foram criadas associaçoes de moradores, comerciantes, dorminhocos, etc , etc , e a nossa Leiria continua cada vez mais a sofrer na pele o desprezo e a indeferença em nome de interesses que até hoje ninguem pretende ver esclarecidos e clarificados, tudo isto em nome da Modernizaçao ( palavra que procuramos no dicionário  e tinha outro sentido ), a onde tu estás que não te encontramos... Modernizaçao  ?

 

Chegou a hora de começar a tratar da doença que Leiria tem. Essa doença a que iremos chamar de ABANDONO, porque entendemos que as forças desta cidade ainda querem recuperar o nosso doente e como tal não poderemos utilizar irá aqui o nome proprio da doença, sim porque o diagnóstico feito conclui outra patologia.

 

O primeiro passo, passa por arranjar um espaço para colocar em aberto todas as feridas da nossa Leiria e publicita-las, por forma a que se conheça ferida a ferida, assim começarmos a juntar todas as peças para numa fase mais posterior termos as respostas para esta doença.

 

A todos aqueles que encontrem feridas, comuniquem-nas, porque juntos as vamos curar.

 

E porquê este sentimento de fazer renascer Leiria?

 

Passamos horas a passear em várias cidades, visitamos inumeros monumentos, saboreamos imensas guloseimas e paladares e sentimos o calor de cada recanto por este Portugal fora, como se fosse a nossa cidade e chegamos à conclusão que tudo aquilo que encontrámos, não era nosso nem nunca o seria, o que afinal sentiamos era saudades da nossa Leiria, a nossa Terra.

 

Fomos então passaer, conhecer e saborear a cidade que tinhamos conhecido na nossa juventude, e o que encontramos ? Gente desiludida, abandonada, triste, solitária, frustrada, revoltada, ferida e no entanto com vontade de dar a volta por cima embora fosse necessário dar-lhes uma forte palavra de animo - Não desistam porque estaremos todos aqui, ao vosso lado. - E assim surgiu esta necessidade de alimentar a nossa, a minha, a tua cidade - Leiria - de vida ,de alegria, de conhecimento, de cultura, de uma nova e eterna alegria. Com isto pretendemos renascer Leiria, para a vida, com requinte e qualidade e acima de tudo com a alma que os nossos antepassados nos entregaram de mãos lavadas em sofrimento, a historia é testemunha .

 

Fomos buscar o doente, ele aqui está. Ou seja, está dado o primeiro passo, o doente acaba de chegar ao Sr. Doutor.

publicado por renascerleiria às 16:21
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Porta de entrada

. Que romance Eça ?

. O Quadro

. O principio

. Como é bela a minha cidad...

. Renascer Leiria

.arquivos

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds